domingo, 5 de fevereiro de 2012

Como é?


E então, Ursarada, muitos podem olhar essa imagem e pensar: Mas Hein ?

Essa sátira foi postada no grupo do FalaUrso Oficial no Facebook, e gerou um pouco de polêmica e uma discussão sadia muito legal. Chegamos ao tal questionamento: É assim mesmo que nós nos vemos? É assim mesmo que é a nossa realidade? Quem sabe talvez, quem sabe sim, quem sabe não. Alguns levam pelo lado pejorativo e depreciativo da nossa classe perante a sociedade. Eu até concordo, em parte, que essa imagem pode levar às pessoas a ideia de que os Ursos são apenas um monte de Gordas, Bibas, Frustradas, Peludas e que odeiam ser Homens dessa forma. Quem impede os preconceituosos de pensarem assim? Só que, na real, eu vejo essa imagem como uma bela crítica construtiva. Nós, ponderados, masculinos, URSOS de verdade, ADMIRADORES de verdade, sabemos que o mundo homossexual dos Ursos não tem absolutamente NADA a ver com a realidade ali descrita. Penso também, que essa não é uma imagem legal de circular em redes sociais abertas. Mas acredito piamente que essa comparação cai muito bem para você: Chaser, Urso, Daddy, Chubby, Cub, Ursa, Bambi, e seja o título que for. É nada mais, nada menos, do que uma crítica a forma como você se vê, como os outros lhe vêem, como sua família lhe vê, e, o pior de tudo, como existem desastres de distorção e preconceito dentro do nosso próprio mundo.

Acho importante pensarmos sobre isso. Sobre as distorções. Sobre as diferenças. Sobre os pré-conceitos. Sobre o profissionalismo. Sobre nossas origens. Sobre como a mídia nos encara. E ouso em dizer: sobre como somos cercados por diferenças estéticas e conceituais. Até onde vão os meus princípios para poder aturar os diferentes? Até onde vai a minha tolerância? Até onde vai a minha capacidade de ponderar minhas atitudes? Será que posso ser eu mesmo? E será que o que eu quero tanto ser, realmente demonstra o que sou? E será que para estar no mundo dos Ursos, eu me encaixo, sendo assim? Ou será que meu mundo é outro e estou tentando invadir uma área restrita à homens de verdade?

É de se pensar.

BearHugs.

2 comentários:

  1. Eu como gosto de um fofinho, vejo de forma bucólica!

    ResponderExcluir